terça-feira, 31 de julho de 2018

Acho que eu mudei



Ouvi o barulho do portão 
Pensei que fosse você chegando 
Lembrei de quando te olhava 
Manobrando o carro na garagem 
Apertada 
O carro prata entrava 
E quando terminava 
Eu batia no seu vidro.
De pijama eu esperava 
Você chegava 
Após um longo dia de trabalho.

Você me dava um abraço 
E para o sofá ia sentar 
Esperava com ansiedade o seu jantar 
Com o prato na mão 
Ligava a televisão 
Futebol ou novela 
Ali podia descansar sua exaustão. 

Ficava comigo 
Eu te esperava 
Deitado ao seu lado 
Sua mão em meu cabelo passava 
O tempo andava 
Era hora de subir
Chegou o momento de dormir 
Sonhar 
Como hoje faço 
Querendo que você estivesse aqui
Oferecendo seu abraço 
Mas sua partida me deixou só 
Às vezes acho que minhas lágrimas 
Já viraram pó...
Mas, as varri para debaixo do tapete  
Pois não encontro mais verbetes 
Que definam a saudade que sinto de você. 

Igor Gonçalves 


terça-feira, 29 de maio de 2018

29/05/2018

-

Não é que eu não queira pensar no meu pai, eu só não quero lembrar que ele morreu.

quarta-feira, 16 de maio de 2018

Sebastião

-



Quando você partiu
Parte do que sou também morreu
E todos os atos eu fiz por ti
Para ver um sorriso que você nunca negou em me dar.

Você sempre me incentivou
Mesmo quando eu sempre desacreditava
Que eu não ia conseguir
Você me vinha com seus exemplos reais
De que o sucesso vem para quem já fracassou várias vezes.

Quis ser igual você
Meu exemplo e espelho
Cresci dizendo vou ser igual meu pai
Nunca mudei o discurso e segui seus passos.

Minha alma conflituosa me opôs a você
Quis seguir meu caminho em outro lugar
Você aprovou, incentivou e quando fui
Me aplaudiu e ficou feliz de ver que meu rumo foi tomado.

E quando viu que eu já era capaz de andar sem suas mãos
Você foi levado para um lugar inalcançável 
Mas deixou aqui comigo todos os seus sonhos.

Eu consigo andar sem você, claro que é possível.
Mas, eu queria você aqui
Sinto sua falta, pai.

Espero que quando eu partir também
Eu possa te reencontrar
Te abraçar
E dizer que eu tenho muito orgulho de você

Tentarei manter o seu legado
O seu nome
O incêndio dissipou
Mas sua chama precisa se manter acesa.
Pois,
Você merece
Você é um herói
Você é incrível
E lamento enxergar com clareza sua magnitude após sua partida.

Dizem que meu nome em russo significa bom filho
Você sempre disse isso de mim e que eu era sua luz
Mas, saiba, que na verdade a luz sempre foi você
Que me guiou e desenhou o caminho a se seguir.
De volta as lembranças
Eu emociono de pensar
Mas preciso continuar.

Igor Gonçalves

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

Letras miúdas de um contrato de vida

-


Internamente não sei é noite ou dia
Faz tempo que você disse que viria
Mas não apareceu
Te esperei do lado de cá
Segui à risca o que me prometeu
Me preparei para você aterrissar
Um campo grande deixei preparar
No entanto você esqueceu
Por conveniência
Por medo
Por não sentir
E eu fiquei aqui
Sentado te esperando
Um dia sei que irá aparecer
E me mostrar se o céu é claridão ou anoitecer


Igor Gonçalves 

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Você está em minhas veias e eu não consigo te tirar





Conforme os dias vão passando
Um pedaço da minha janela escurece
Já não vejo o que há lá fora
Se está sol, frio ou abafado.
A mobília está inacabada
Pois deixei de construir tudo aquilo que sonhei
Por falta de vontade me abandonei
Porque sensível.
Dói dizer
E pensar.
Naquilo que me fez esmorecer
Ou talvez no que me levou a afundar
Sem colete salva vidas eu me deixei levar
Pois fiquei em pedaços
E sem saber para onde ir
Deixei o mar me levar
E ele levou...
Para esse novo lugar
Onde eu, talvez, pudesse me encontrar
Mas, a doença dos meus dias me achou lá
Colocou-me de castigo
E mandou que eu não falasse um Á.
Quando ela, enfim saiu, eu não consegui olhar para trás.
A janela foi escurecendo com a poeira
E assim, deixei de ver.
Me ver.
Quando abro os olhos, eu nem me reconheço mais.

‘Se alguém encontrou um sentido para a vida... Chorou. ’



Igor Gonçalves

terça-feira, 15 de março de 2016

Totalidade inumerável



Posso te dizer que por você quero me apaixonar?
Seus olhos verdes chamam meu amor para dançar
Há dias eu que penso que a saudade vai me abater
E olho suas fotos para tentar me conter.

Seu toque, os seus beijos são como as belas canções
De artistas renomados que alegraram mais de dez gerações
Às vezes toco em sua pele e não quero soltar
Desse amor que me consome e me faz continuar.

O jogo não acaba e eu preciso ganhar
A lógica de uma fênix é renascer para depois brilhar
Meu amor por você é tão doce que posso até orgulhar
De ter achado tudo aquilo que me faz vibrar.

Sua vida me ensina aquilo que preciso viver
Suas histórias completam as páginas que não sei escrever
E depois de tanto tempo meus olhos continuam a brilhar
Pois o romance ainda continua a me agraciar.

De tudo que está ao meu alcance deixo meu coração na alma
Para que ao seu lado possa manter minha calma
Calma que ao seu lado é composta do amor
Do amor que te amo tanto
Dessa festa tão intensa
Que cresce junto ao seu encanto.


Igor Gonçalves

O errado está marcado



Raro é achar que a mente pode fantasiar
Com melhorias que nos fazem acreditar
Que tudo vale a pena quando você se esforçar
Esforço esquecido e guardado em outro lugar.

Tem dias que a vida fica fácil de não entender
Há horas que eu quero apenas é permanecer
Calado em meu canto dormindo para não pensar
Em tudo que me aflige e me faz ficar fora do ar.

A rapidez e sensatez ninguém desfez
Horário está errado, estou marcado
Cicatrizes que se recusam em curar
Tem vezes que penso até em me exilar.

Apenas gostaria de poder entender
O que me impede de ascender
Se todos que me cercam conseguem enxergar
Por que minha vista é turva ao me admirar?

Se tudo está difícil é melhor se esforçar
Abro a gaveta, procuro e não consigo achar.
Alguém em meu ombro poderia tocar
Dizer que tudo aquilo um dia vai passar
Um grito desespero
Destempero
Que tira o sabor
De tudo aquilo que eu não sei lidar.

Igor Gonçalves