quinta-feira, 7 de maio de 2009

Soneto do amigo Brasil

Onde é que o desconhecido é amigo?
Onde é que tem um povo gentil?
Ah! Já sei onde fica esse abrigo,
Seu nome é pequeno, seu nome é Brasil.

É aquele lugar onde a alegria predomina,
E mesmo que a vida desanima,
Nunca perdemos a autoestima.
Essa é a terra dos vencedores, trabalhadores e amores.

Mas porque uma terra tão linda tem tanta escuridão?
Por que crianças em vez de sorrir choram pelo chão?
Ah! Queria eu te ajudar,minha divina nação.

Desse lugar só tenho a agradecer,
Pois dele me formei e cresci.
Orgulho de país que só me fez sorrir.


Igor Gonçalves


*** Poema vencedor do 2ºE.M. para o Sarau Colégio Dominante

3 comentários:

  1. Pena que nem todos tem a estima que vc apresenta pelo nosso país.
    O ideal seria os políticos do poder lerem esses tipos de manifestações para ver se conseguem ter um pouco de amor pelo país.
    Belíssima poesia.

    ResponderExcluir
  2. muito boa


    www.gmbfilmes.blogspot.com

    ResponderExcluir

Viver é muito mais do que encontrar conceitos, belas frases. E nesse pequeno discurso cheio de erros de concordância e rimas toscas, tento dizer que o essencial não é visível aos seus olhos